ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Indústria e Comércio

Três empresas recebem o apoio do Estado para expandir atividades

Terça-feira, 05 de novembro de 2013


Mais três empresas passam a receber o apoio do governo estadual por meio do programa Paraná Competitivo. O Boticário, a Beaulieu e a Averama foram enquadrados no programa de incentivos fiscais nesta segunda-feira (4). Os investimentos, que somam R$ 93,8 milhões, foram aplicados em expansão das atividades no Paraná e serão beneficiados pela postergação do ICMS devido.

A inclusão dos empreendimentos no Paraná Competitivo foi aprovada em reunião do comitê gestor e deliberativo do programa, realizada na sede da secretaria estadual da Fazenda. Participaram a secretária da Fazenda, Jozélia Nogueira, o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, e técnicos da Casa Civil e do Planejamento.

Desde a sua criação, no início de 2011, o Paraná Competitivo contabilizou cerca de R$ 25 bilhões em novos investimentos industriais, que estão criando mais de 150 mil empregos em todas as regiões do Estado. "Temos hoje a melhor política em todo o país para a atração e consolidação de investimentos. O Paraná Competitivo é um sucesso e está impulsionando o maior ciclo de industrialização do Estado", afirma o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul Ricardo Barros.

EMPRESAS - O Grupo Boticário investiu cerca de R$ 79 milhões na expansão do parque industrial em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Foi construída uma nova unidade dedicada à produção de maquiagem, erguidos armazéns de matéria-prima e ampliadas as linhas de produção de cremes. Também foi feita modernização de unidades já existentes.

A Bealieu, de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, investiu R$ 5,7 milhões na ampliação da unidade que produz carpetes e pisos. Em atividade no Paraná desde 2000, a empresa modernizou a fábrica com a compra de máquinas e, assim, aumentou a produção na fábrica que conta com 80 empregados diretos.

Já a Averama, de Rondon, no Noroeste do Estado, foram feitos investimentos de R$ 9,1 milhões na ampliação de dois abatedouros de aves. A empresa emprega mais de 1,4 mil funcionários nas duas unidades.

PARANÁ COMPETIVO - Um dos maiores trunfos para a atração das empresas foi a implantação do programa Paraná Competitivo. Lançado em fevereiro de 2011, o programa contempla uma série de medidas de incentivos ao setor produtivo, por meio da dilação de prazos para recolhimento do ICMS, investimentos para melhoria da infraestrutura, da capacitação profissional, da desburocratização e da internacionalização do Estado. A contrapartida é a criação de emprego e com o desenvolvimento sustentável de todo o Estado.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

 Outras Notícias

Horário de Atendimento:

 Segunda a Sexta-Feira, das 07:30 às 11:30 - 13 horas às 17 horas.