ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Animais

Canil é interditado por dono alugar căes para vigilância em Maringá

Terça-feira, 26 de agosto de 2014


O Canil Emanuel Borges de Maringá, no norte do Paraná, foi interditado nesta segunda-feira (25) pela Diretoria Municipal de Fiscalização, por ter locado cães de raça para vigilância — o que é proibido, conforme lei estadual de 2009.

Segundo a prefeitura, o dono do canil, Ary Borges da Silva, foi multado diversas vezes por insistir em locar os animais. Mesmo assim, ele não deixou de praticar a atividade. No total, as multas chegam a R$ 154 mil.

Em entrevista ao G1, Ary Borges diz que a interdição do canil foi arbitrária e irregular. “A prefeitura está cometendo um abuso. Chamaram a polícia para colar um papel no muro da minha casa e agora eu não posso mais entrar na minha própria residência. Isso é um absurdo”, declara Borges. O empresário afirma ainda que não estava locando cães e que todos os documentos estavam regulares. Borges afirma que vai entrar na Justiça contra a Prefeitura de Maringá.

De acordo com a Diretoria de Fiscalização, Borges não pode exercer mais nenhuma atividade comercial no local. Ele tem 15 dias para apresentar à prefeitura uma proposta sobre o que será feito com os animais que estão no canil. Se o plano não for apresentado, o espaço será multado novamente.

Em maio, Borges "sequestrou" o leão Rawellde um criadouro em Monte Azul Paulista (SP), garantindo ser o "dono" do animal. Depois de impasse com o mantenedor paulista, nenhum dos dois pôde ficar com o felino. O leão, hoje, está no zoológico de Curitiba.

No início de agosto, o dono do canil também pediu para o Ibama a devolução do tigre que atacou um menino no zoológico de Cascavel. Na época, o órgão ambiental informou que essa possibilidade era nula, pois o zoológico oferece mais condições do que um canil.

Fonte: G1

 Outras Notícias

Horário de Atendimento:

 Segunda a Sexta-Feira, das 07:30 às 11:30 - 13 horas às 17 horas.