ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Infraestrutura do TCE-PR

Infraestrutura do TCE-PR recebe R$ 5,7 milhões no biênio 2009/2010

Quinta-feira, 30 de dezembro de 2010


Dentre os principais investimentos, destacam-se os realizados em tecnologia da informação, que elevaram em dez vezes a velocidade nominal da rede de informática. Como resultado, o tráfego dos processos eletrônicos está ficando mais rápido e eficiente, o que significa reduzir o tempo de trâmite e dar uma resposta mais célere às demandas apresentadas à Corte
O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) investiu R$ 5,7 milhões na ampliação e modernização da infraestrutura de apoio ao controle externo, no biênio 2009/2010. Num período marcado pela implantação do Programa TCE Digital - que está eliminando o trâmite de processos em papel na Corte - destacam-se os investimentos realizados em tecnologia da informação, que elevaram em dez vezes a velocidade nominal da rede de informática da Casa. "O tráfego dos processos eletrônicos está ficando mais rápido e eficiente, o que significa reduzir o tempo de trâmite e dar uma resposta mais célere às demandas apresentadas ao órgão", declara o presidente, conselheiro Hermas Brandão.

Os recursos foram direcionados aos vários setores e unidades do Tribunal, aprimorando os trabalhos do órgão mediante a aquisição de veículos, reformas no edifício sede e no anexo, compra e reforma de mobiliário, além da modernização e ampliação dos sistemas de segurança. Na área de informática, investiu-se em novo cabeamento de rede e no aumento da capacidade de processamento e armazenamento de informações. Foram adquiridos novos computadores e notebooks, ao mesmo tempo em que se avançou na digitalização do acervo de documentos e na implantação do processo eletrônico.

“A velocidade nominal da rede de informática do TCE partiu de uma velocidade de 100 megabits para 1000 megabits. Isso fará com que o tráfego do processo eletrônico seja muito mais rápido e eficiente”, conta Ângela Beatriz Bot, diretora de Tecnologia da Informação. Além disso, triplicou-se o número de pontos de conexão e tomadas elétricas, aprimorando a integração comunicacional entre os equipamentos de informática, telefonia e outros dispositivos eletrônicos. “Esses investimentos aumentaram consideravelmente o nível de confiabilidade, disponibilidade e segurança da rede”, observa Ângela.

Entre 2009 e 2010, houve um acréscimo de 10% no número de microcomputadores disponíveis na rede e renovação de 71% do parque de microcomputadores, além de um acréscimo de 50% no número de notebooks. “Isso demonstra a preocupação do TCE em instrumentalizar a instituição com recursos técnicos fundamentais à boa execução de suas atividades de controle externo, como as auditorias”, conta Vicente Higino Neto, presidente da Comissão Permanente de Licitação da Casa.

Outra ação de destaque foi a duplicação da capacidade de processamento e armazenamento das informações, obtida a partir da criação de um segundo datacenter, no prédio sede do Tribunal. Ali as informações são armazenadas de forma redundante (replicadas), o que permite o acesso rápido e confiável a todo o volume de processos eletrônicos gerados.

Texto: Omar Nasser Filho
Foto: Valquir Aureliano

Coordenadoria de Comunicação Social TCE/PR

 

Fonte: TCE PR

 Outras Notícias

Horário de Atendimento:

 Segunda a Sexta-Feira, das 07:30 às 11:30 - 13 horas às 17 horas.