ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Fomento

Paraná amplia valores e prazos para concessão de microcrédito

Sábado, 15 de outubro de 2011


A Agência de Fomento do Estado do Paraná (Fomento Paraná) ampliou em 50% os limites e os prazos em todas as faixas de concessão de crédito do Programa Microcrédito Banco Social. A partir de agora, o valor máximo de financiamento do microcrédito passa de R$ 10 mil para R$ 15 mil e o prazo para pagamento aumenta para até 36 meses.

A medida beneficia desde o empreendedor que precisa de apoio para dar início a uma atividade até aquele que está em fase de consolidação do negócio ou planeja expandir as atividades e para isso precisa de crédito para capital de giro, investimento fixo ou investimento misto.

De acordo com o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa Sobrinho, o reajuste das faixas de crédito demonstra a boa vontade da administração estadual em contribuir para a expansão da atividade dos micro e pequenos empreendedores. “Esta medida é mais uma demonstração do jeito do governador Beto Richa de governar o Paraná, apoiando o setor produtivo, para melhorar a renda e garantir a criação de empregos”, afirma. 

“Não podemos esquecer da grande contribuição das microempresas para a economia do Brasil e do Paraná. É o segmento que mais cria empregos”, completa o secretário da Fazenda Luiz Carlos Hauly. Ele aponta a oferta de crédito como fator fundamental para a consolidação dos pequenos empreendimentos.

PROGRAMA DE REFERÊNCIA — O objetivo do governo com o reajuste dos limites e prazos é manter o Programa Microcrédito, que recentemente completou 10 anos, como referência em crédito nesse segmento. Nesse período foram liberados mais de R$ 132 milhões, que atenderam 35 mil empreendimentos, responsáveis por 227 mil empregos.

A concessão de crédito do Banco Social estava limitada a R$ 10 mil desde 2007. Desde então, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC-Fipe) variou 23,4% e o Custo Unitário Básico (CUB), usado no setor da construção civil, cresceu 42,8%. 

Para obter recursos do microcrédito, o empreendedor deve ter faturamento anual máximo de R$ 360 mil. A taxa de juros dos financiamentos é de aproximadamente 12% ao ano e não é cobrada Taxa de Abertura de Crédito (TAC).

NOVAS FAIXAS DE FINANCIAMENTO DO MICROCRÉDITO

FAIXA A - INÍCIO DE ATIVIDADE

Capital de giro – de R$ 700,00 para R$ 1.000,00

Pagamento – de 6 para 9 meses

Investimento fixo – de R$ 2.000,00 para R$ 3.000,00

Pagamento – de 18 para 24 meses

Investimento misto – de R$ 2.000,00 para R$ 3.000,00

pagamento – de 12 para 18 meses

FAIXA B – CONSOLIDAÇÃO DO NEGÓCIO

Capital de giro – de R$ 2.000,00 para R$ 3.000,00

Pagamento – de 6 para 9 meses

Investimento fixo – de R$ 5.000,00 para R$ 7.500,00

Pagamento – de 18 para 24 meses

Investimento misto – de R$ 5.000,00 para R$ 7.500,00

Pagamento – de 12 para 18 meses

FAIXA C – EXPANSÃO DA ATIVIDADE

Capital de giro – de R$ 3.000,00 para R$ 4.500,00

Pagamento – de 6 para 12 meses

Investimento fixo – de R$ 10.000,00 para R$ 15.000,00

Pagamento – de 24 para 36 meses

Investimento misto – de R$ 10.000,00 para R$ 15.000,00

Pagamento – de 18 para 24 meses

Fonte: Agência de notícias do estado

 Outras Notícias

Horário de Atendimento:

 Segunda a Sexta-Feira, das 07:30 às 11:30 - 13 horas às 17 horas.