ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Risco de surto de dengue

Ministério da Saúde: Sarandi, Guaíra e Loanda estão em situação de risco de surto de dengue

Terça-feira, 06 de dezembro de 2011


Os municípios de Sarandi, Guaíra e Loanda, na região de Maringá, além de Nova Londrina, todos no Paraná, estão em situação de risco para ocorrência de dengue. Os dados são do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti LIRAa 2011, e foram apresentados nesta segunda-feira (5) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e pelo secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.
No total, 48 municípios brasileiros estão em situação de risco para ocorrência de surto de dengue, revela o resultado do LIRAa 2011. O levantamento, que permite identificar onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor, foi realizado entre os meses de outubro e novembro deste ano, realizado pelo Ministério da Saúde, em parceira com as secretarias municipais de saúde. Nas localidades em situação de risco, mais de 3,9% dos imóveis pesquisados apresentaram larvas do mosquito. No Paraná, o índice mais alto de risco é em Sarandi, com 6,2 seguida, respectivamente, por Guaíra (5,6); Loanda (5,3); e Nova Londrina (4,4 ).
Ao todo, 561 municípios participaram do levantamento no Brasil, entre os quais 236 estão em alerta (com índice entre 1% e 3,9%) e 277 possuem índice satisfatório, abaixo de 1% - entre as quais está Maringá, com 0,5.

"O Liraa é um instrumento fundamental para orientar as ações de controle da dengue, pois possibilita que os gestores locais de saúde antecipem as ações de prevenção", diz o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Conforme o ministro, o resultado do levantamento não significa que a situação não possa ser revertida. "Um determinado município, que apresenta situação de risco, poderá mudar este cenário com a intensificação das medidas nas áreas de maior risco", explica.

O mapa mostra ainda que 4,6 milhões de pessoas vivem em áreas de risco para epidemia de dengue. O Ministério da Saúde, de acordo com o ministro, acompanhará de perto a evolução da dengue nos estados e municípios. "Além do sistema de vigilância convencional, contamos, a partir de agora, com o Observatório da Dengue, mais uma ferramenta que irá nos ajudar no monitoramento da doença por meio das redes sociais", diz Padilha.

Os municípios em situação de risco, incluindo três capitais - Rio Branco (AC), Porto Velho (RO), Cuiabá (MT) - estão localizados em 16 estados brasileiros: quatro na Região Norte; sete no Nordeste; três no Sudeste; um no Centro-Oeste e um na Região Sul.

Veja os índices dos municípios do Paraná:

Altônia 1,1

Alto Paraná s/ infor.

Alvorada do Sul s/ infor.

Apucarana s/ infor.

Arapongas 0,1

Assis Chateaubriand 1,4

Bandeirantes 0,2

Barracão 1,2

Bela Vista do Paraíso s/ infor.

Cambé PR s/ infor.

Campo Mourão 0,9

Capanema 0,5

Cascavel 0,7

Céu Azul 0,0

Cianorte 1,7

Cidade Gaúcha 1,7

Colorado 0,0

Cornélio Procópio s/ infor.

Cruzeiro do Oeste 1,0

Curitiba PR 0,0

Dois Vizinhos s/ infor.

Florestópolis s/ infor.

Foz do Iguaçu 0,9

Francisco Beltrão s/ infor.

Goioerê 1,5

Guaíra 5,6

Ibiporã s/ infor.

Icaraíma 2,2

Iporã s/ infor.

Itaipulândia s/ infor.

Ivaiporã 0,9

Jacarezinho s/ infor.

Jaguapitã s/ infor.

Jandaia do Sul s/ infor.

Jardim Alegre 1,0

Jataizinho 0,3

Loanda 5,3

Londrina 0,7

Mamborê 3,0

Mandaguaçu s/ infor.

Mandaguari 0,0

Manoel Ribas 0,0

Marechal Cândido Rondon 3,1

Marialva 0,7

Matelândia 2,7

Medianeira 3,6

Missal 1,2

Nova Aurora 2,0

Nova Esperança 1,7

Nova Londrina 4,4

Paiçandu 1,0

Palotina 0,5

Paraíso do Norte 2,9

Paranaguá s/ infor.

Paranavaí 1,8

Porecatu s/ infor.

Quedas do Iguaçu 1,3

Querência do Norte s/ infor.

Rolândia 0,1

Rondon 2,9

Santa Fé s/ infor.

Santa Helena 1,3

Santa Terezinha do Itaipú 1,1

Santo Antônio da Platina s/ infor.

São João do Ivaí 1,8

São Miguel do Iguaçu s/ infor.

São Pedro do Ivaí s/ infor.

Sarandi 6,2

Sertanópolis 1,3

Tapejara 2,4

Toledo 1,4

Ubiratã 0,2

Umuarama 1,4

Fonte: O diário Maringá

 Outras Notícias

Horário de Atendimento:

 Segunda a Sexta-Feira, das 07:30 às 11:30 - 13 horas às 17 horas.